Quero estar!

Há dias vi um documentário sobre o início da vida, onde vários ramos da ciência explicavam o que realmente impactava no desenvolvimento das crianças (the beginning of life, no NETFLIX). Entre os vários ramos da ciência, também alguns activistas em zonas de 3º mundo, explicavam alguns pontos-chave, sobre o que observavam. Neste documentário, todos concordavam …

Continue reading Quero estar!

Advertisements

Um pano com mil histórias

Espreitamos pela janela da maternidade e vimos que um mundo de coisas se abre. Coisas novas, que desaprendemos, mas guardam histórias de milhares de vidas que agora reencontramos. Nos tempos antigos, o pano era algo muito sério. Era dado às crianças que menstruavam pela primeira vez, sabendo elas que aquele pano iria carregar as suas …

Continue reading Um pano com mil histórias

Visitar e apoiar

Quando sabemos que um familiar ou um amigo teve um bebé, o instinto ancestral de comunidade, faz-nos sentir uma vontade de apoiar. A sociedade consumista de hoje, responde a este impulso com coisas. Prendas, coisas que temos mas já não precisamos, coisas, coisas, coisas e muitas coisas! Como se quanto mais coisas dessem, maior fosse …

Continue reading Visitar e apoiar

Pós-parto imediato

sem filtros A foto seria poética, como o poema que aparece destacado. A experiência já a tinha, uma vez que nesta foto estou com o meu filho mais novo, mas estes esgares de sofrimento quando vão fazer um cocó, ou os bolçares, engasganços e sejam-quais-forem-os-mecanismos-vitais dos nossos bebés, colocam-nos em imediato estado de alerta, como …

Continue reading Pós-parto imediato

O renascimento da Deusa

  Estamos a viver as celebrações do Yule, que na antiguidade nórdica se celebravam do solstício até perto de 12 de Janeiro. Celebrando em comunidade, partilhando o que cada um podia dar, acendiam-se fogueiras, soavam tambores e a música elevava-se aos céus, nos jogos de sombra e luz que todos abraçavam com sorrisos abertos. Acreditavam …

Continue reading O renascimento da Deusa