O que é uma Doula?

A Doula é a figura que “guarda” os interesses da mulher e a empodera. Colocando a mulher no centro, de forma isenta, tendo como único foco, a prestação de apoio emocional e informativo que a mulher quiser, assim como garantir o conforto físico (não médico!) da mulher. Tem também como objectivo, apoiar a família (seja companheir@, outros fllhos) em tudo o que possa ser útil para a jornada da gravidez e pós parto.

Há Doulas com formações variadas (além da formação como Doula, formações sobre Babywearing, amamentação, cosmética natural, massagem, Reiki, dança, terapias, etc…), têm preferencialmente, o conhecimento acerca da fisiologia do parto, actualização sobre documentação científica actual e fidedigna, conhecimento sobre o funcionamento dos protocolos nacionais, eventualmente redes de apoio úteis às famílias.

Como é que a Doula pode saber o que preciso?
Essencialmente através da observação e conversas francas, sendo a ouvinte neutra, sem julgamento, que visa unicamente a validação dos sentimentos da mulher grávida. Inicialmente faço uma entrevista, para percebermos se há conexão. Há uma Doula para cada mulher, e o ponto de partida é a confiança, e o sentimento de segurança e empatia que deve estar presente numa relação Grávida/Doula.

Preciso de uma Doula?
Só tu o saberás.
A Doula não é fundamental na viagem da Gravidez, Parto ou Pós-Parto, contudo têm existido estudos muito claros acerca das vantagens da presença de uma Doula, seja em parto Natural, Induzido, Cesariana, Perda Gestacional. Para mulheres que ambicionam um parto Natural, a presença de uma Doula diminui significativamente a instrumentalização, uma vez que previamente (durante a gravidez), assim como atenua e está atenta a sinais de Depressão Pós-Parto. Trabalhamos o empoderamento e confiança, uma vez que, como se diz muito do parto natural de baixo risco, “o parto acontece entre as orelhas”.
Noutros ambientes de parto, as vantagens também existem, nomeadamente no cuidado na preparação do mesmo, o trabalho emocional, o cuidado focado e neutro com a mulher Grávida que se pode sentir activa no seu processo. Estando fora do círculo dos profissionais de saúde -porque uma Doula não interfere nas decisões médicas- a Doula complementa um papel que tem estado vazio no paradigma actual do parto: a atenção centrada na mulher, enquanto Mulher, sem o peso da responsabilidade médica, sem o peso do elo familiar/relacional de amizade. A Guardiã das vontades e do bem-estar da Mulher em metamorfose entre a Donzela para a Mãe Deusa. A presença discreta e respeitosa, que salvaguarda a vontade da Mulher.

Que apoios concretos posso receber?
Como explicado acima, uma Doula trará à Mulher, aquilo que a Mulher necessitar. Não mais. Não menos. Incluindo a informação que a Mulher QUER, e não a que a Doula ACHA que é importante, uma vez que o nosso papel é SEMPRE o de colocar a vontade da Mulher no CENTRO.
Posso garantir-te ajuda em várias vertentes,mas destaco as seguintes;

  • Conhecimento das Recomendações OMS
  • Conhecimento sobre o teu corpo, os teus ciclos, a forma como ele “fala” contigo
  • Explicar a fisiologia do Parto e pontos como:
    • As funções da “dor” e o poder da nossa mente (nomeadamente com apoio na meditação)
    • Métodos de analgesia disponíveis
    • Sinais do trabalho de parto
  • O Plano de Parto: O que é? Para que serve? Como fazer? Questões importantes.
  • Procurar profissionais/espaços para a realização do Parto
  • Acompanhamento em consultas,
  • Apoio com burocracias, protocolos hospitalares, etc…
  • Apoio familiar, atendendo às necessidades não só da Grávida,mas também companheir@, filhos, animais, etc…
  • O que é a “hora dourada” do bebé (primeiras horas de vida)?
  • Conhecimentos sobre cuidados ao bebé
  • ExternoGestação (3 a 9 meses após o parto. Falar sobre a simbiose Mãe/Bebé)
  • Depressão Pós-Parto: Sinais importantes. Quando consultar um especialista?
  • Informação sobre Amamentação, de modo a que se possa seguir uma decisão informada
  • Técnicas que promovem o conforto e relaxamento da Mulher, durante a Gravidez, Parto e Pós-Parto (rebozzo, movimentos com/sem Bola, massagens, aromoterapia, água (hidroginástica), meditação…)
  • Exercícios básicos para fortificação abdominal, posturais, conforme estágio da Gravidez
  • Apoio prático com questões logísticas ou familiares
  • Informação acerca Introdução alimentação Vegetariana, BLW
  • Conhecimentos sobre BabyWearing
  • Conhecimentos sobre Fraldas Reutilizáveis e outros tópicos ecológicos
  • Conhecimento sobre os Ciclos femininos, questões importantes sobre contracepção pós-parto, menstruação, ciclo, mitos e cuidados..

Que apoio pode dar uma Doula no Pós-Parto?
O pós-parto tem quantidades semelhantes de magia e desafios, sendo portanto importante, ter apoio para gerir as emoções, apontar necessidades que podem estar a ser suprimidas, gestão de recursos (comida, roupas, etc…), organização e outras tarefas.
Geralmente a Mãe entra em processo de Cuidadora, que se foca na sobrevivência do Recém-Nascido, colocando-se muitas vezes fora da equação das necessidades básicas para estar bem.
A Doula irá facilitar -em família- o processo de chegada do RN, ajudando na organização de tarefas essenciais ao funcionamento normal do dia-a-dia da família.

  • Ajudar a organizar a rede de apoio
  • Apoiar em caso de trauma de parto
  • Permitir que a mãe sinta que tem uma pessoa neutra e sem julgamento, a quem poderá dizer tudo o que sente (tendo neste caso, enquanto Doula, a especial atenção a sinais de Depressão Pós-Parto e encaminhar, nesse caso, para ajuda profissional)
  • Apoiar na Amamentação
  • Apoiar no entendimento sobre a comunicação com o bebé
  • Responder a questões sobre sonos do bebé, desconforto, choros, vínculo, co-sleeping, babywearing, fraldas, higiene, etc…
  • Estar atenta a sinais de DPP também n@ companheir@
  • Ajudar com os irmãos, permitindo desenhar estratégias que permitam harmonia na recepção do RN
  • Facilitar contactos para tratamento de cuidados básicos (limpezas, entregas de refeições, profissionais de saúde especializados em amamentação, psicólogos, babysitters, etc…)

Antes da subscrição do Serviço de Doula, sugiro que seja feita uma breve entrevista (até 1h).
Onde podes colocar qualquer questão,  sobre o meu trabalho, sobre mim enquanto Doula, e perceber quais os pacotes disponíveis, adquirindo apenas o que te é essencial.
Sentes que precisas apenas de UMA sessão com Doula?Tendo como objectivo esclarecer algumas das questões que abordei acima,  estando grávida, ou no pós-parto, podes entrar em contacto comigo. Agendamos uma Sessão Única.

Advertisements